Logon

10. DA COLAÇÃO DE GRAU NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

10.1. Considera-se formando o aluno que integralizar o currículo de seu curso, por obter aprovação em todas as atividades acadêmico-científicas previstas no projeto pedagógico do curso, inclusive por cumprir suas obrigações em relação ao exame oficial aplicado aos estudantes pelos órgãos reguladores do ensino superior, sob a denominação de Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) ou equivalente.

10.2. Nas datas previstas pela Universidade, o aluno formando deverá requerer, na secretaria do curso, em formulário próprio, sua colação de grau, anexando cópia da certidão de nascimento e/ou casamento, certificado militar, carteira de identidade e título de eleitor.

10.3. Para verificação da situação escolar dos alunos, os requerimentos serão enviados pela secretaria do curso ao órgão responsável pelo registro acadêmico, que, por sua vez, os devolverá, devidamente informados, à secretaria do curso, para divulgação.

10.4. Somente poderão participar da solenidade de colação de grau os alunos que tiverem seu requerimento deferido, verificada a integralização do currículo, nos termos do item 10.1 destas Normas.

10.5. O ato de colação de grau dos concluintes de cada curso será realizado em sessão solene, em dia, hora e local previamente definidos pelo cerimonial de formatura da Universidade.

10.6. Os concluintes de curso que não colarem grau solenemente deverão fazê lo em dia, hora e local designados pelo Reitor, na presença de pelo menos 2 (duas) testemunhas, sendo uma delas, obrigatoriamente, membro do quadro docente da Universidade.

10.7. A expedição e a entrega do diploma somente poderão ocorrer após a colação de grau.

10.8. Após a conclusão do curso, o graduado deverá procurar o órgão responsável pelo registro acadêmico para requerer a expedição do diploma e, sendo de seu interesse, para obter a declaração de conclusão de curso, que substituirá o diploma no período máximo de 6 (seis) meses, durante o processo de registro.