04/10/2018 16:05

Ranking Universitário Folha: PUC Minas é uma das cinco melhores universidades privadas do país no quesito inovação

A PUC Minas é uma das cinco melhores universidades privadas do país, no quesito inovação. A informação consta do Ranking Universitário Folha (RUF) 2018, divulgado nesta segunda-feira, 1º de outubro, pelo jornal Folha de S. Paulo.

A Universidade também se mantém, no quesito percepção do mercado de trabalho, na terceira colocação, entre as universidades privadas do país, e a sexta posição entre públicas e particulares em todo o país nesse quesito. No que se refere ao ensino, ocupa a oitava posição entre as universidades particulares do país.

Considerando-se todos os quesitos, a PUC Minas ocupa a 9ª posição entre as universidades particulares em todo o país.  Os dados do RUF 2018 mostram que, entre as universidades brasileiras privadas, as melhores são as confessionais, vinculadas a igrejas ou religiões, as PUCs. A lista geral é encabeçada pela Universidade de São Paulo (USP), a melhor do país.

No ranking de cursos, no qual são consideradas as graduações com mais alunos em todo o país, são medidas a qualidade de ensino (64% da nota) e a avaliação do mercado de trabalho (36% da nota). Entre as universidades particulares de todo o país, o Curso de graduação em História, da PUC Minas, é o terceiro melhor e os cursos de graduação da PUC Minas em Geografia, Física, Letras e Medicina Veterinária ocupam a quinta posição. Na sexta posição, os cursos de Matemática e Serviço Social. Na sétima posição, o Curso de Psicologia. Na oitava posição, Filosofia; na nona, Pedagogia. E na décima posição entre as universidades particulares de todo o país, o Curso de Nutrição da PUC Minas.

Entre as universidades privadas de todo o Brasil, no quesito Avaliação do Mercado, os cursos da PUC Minas foram classificados: em primeiro lugar, Engenharia de Controle e Automação; em segundo lugar, Computação, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Física e Psicologia; em terceiro lugar, Relações Internacionais; e, em quarto lugar nesse quesito, Administração, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Direito, Economia, Engenharia Química, Fisioterapia e Medicina Veterinária.

Foram avaliadas pelo RUF 196 universidades brasileiras. A nota total recebida pelas universidades é calculada a partir de cinco indicadores: qualidade do ensino, percepção do mercado de trabalho, inovação, pesquisa acadêmica e internacionalização.

De acordo com a publicação, uma das novidades no RUF 2018 é que o indicador de inovação, com peso de 4% na nota final, passou a contabilizar, além das patentes solicitadas pelas instituições de ensino, a quantidade de estudos acadêmicos publicados pelas universidades em parceria com o setor produtivo. O RUF deste ano também amplia de dois para cinco anos (2011-2015) o recorte temporal da coleta dos dados relativos à produção científica das escolas do país. Outra mudança metodológica diz respeito ao valor dado à nota do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) na fórmula do RUF. Esse componente, agora, passa a valer quatro pontos – o dobro do que valia na edição anterior do ranking.

Minas Gerais

Em Minas Gerais, entre as universidades privadas, os cursos da PUC Minas foram classificados da seguinte forma: em primeiro lugar, os cursos de Administração, Arquitetura e Urbanismo, Biologia, Biomedicina, Ciências Contábeis, Computação, Comunicação, Direito, Economia, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Filosofia, Física, Fisioterapia, Geografia, História, Letras, Matemática, Medicina Veterinária, Nutrição, Pedagogia, Psicologia, Relações Internacionais e Serviço Social; em segundo, Odontologia; e no terceiro lugar, o de Medicina, entre as universidades particulares de Minas.

Assessoria de Imprensa PUC Minas