15/10/2021 11:05

 Entrevista com o coordenador: Curso Superior de Tecnologia em Processos Metalúrgicos

 

O professor Carlos Eduardo Passagli Barral é Engenheiro metalurgista, formado em 2003, com mestrado (2006) e doutorado (2016) pela UFMG, já trabalhou na indústria como engenheiro de consultas técnicas na Vallourec & Mannesmann do Brasil (2005 a 2009). A experiência acadêmica inclui trabalhos em modelagem física e em modelagem matemática. Coordenou o curso de Engenharia Metalúrgica da FaEng (UEMG) de 2009 a 2010. Depois disso atuou como professor em diversas instituições de ensino, até 2015, quando começou a lecionar no curso de Engenharia Metalúrgica na PUC Minas. Em 2020 assumiu a coordenação do curso. Veja o que ele tem a dizer sobre o Curso Superior de Tecnologia em Processos Metalúrgicos:

1- O que o aluno irá aprender no curso?

Os metais são vitais para a existência de nossa sociedade. Mesmo produtos que não possuam absolutamente nada metálico em sua composição dependeram de ferramentas metálicas para seu desenvolvimento. Neste curso o aluno aprenderá a planejar, projetar, especificar e até inspecionar todo tipo de processo metalúrgico. Esse tipo de conhecimento o habilitará a trabalhar tanto na obtenção quanto na modificação dos metais, garantindo que eles atendam às necessidades para a qual foram desenvolvidos.

2- Considerando o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, quais as vantagens de ter um título em um Curso Superior de Tecnologia em Processos Metalúrgicos?

É importante ressaltar que o Curso Superior de Tecnologia é um curso SUPERIOR, como o próprio nome indica. O aluno terá um diploma de "faculdade".

A metalurgia é uma indústria de base, por isso é uma das menos afetadas pelas crises e demanda por mais profissionais do que tem sido formados nos últimos tempos. A produção dos mais diferentes tipos de metais depende deste profissional, que é capaz de analisar criticamente as propriedades dos metais relacionando às suas aplicações, de elaborar metais a partir dos minérios que os originam e a transformar os metais por meio de processos termomecânicos. O mercado reconhece isso e procura avidamente por este tipo de profissional.

3- Qual o diferencial do curso?

Este é um curso adota a metodologia de Aprendizagem Baseada em Projetos, ou Project Based Learning. Isso quer dizer que a cada período o aluno realizará um projeto com seus colegas, permitindo uma abordagem mais profunda e mais participativa por parte dos próprios alunos. Isso permite ainda um curso mais rápido e dinâmico. É possível para o aluno obter seu título de tecnólogo em apenas dois anos e meio. Além disso, o aluno recebe certificações parciais ao finam de cada CICLO DE APRENDIZAGEM, que corresponde a um ano de curso.

4- Quais as vantagens do formato ead para o aluno?

As principais vantagens do formato EAD são a possibilidade do aluno estudar em nosso curso de qualquer lugar do planeta, com uma flexibilidade muito grande de horários. Além disso, o investimento financeiro que o aluno deverá fazer é muito baixo, enquanto o retorno é muito alto.

5- Qual a importância da Coordenação do curso para uma carreira tão rica como a sua?

O coordenador é um agente facilitador do curso. Deve manter contato com os alunos, sempre atento às expectativas e anseios, procurando atender estas necessidades juntamente com todos os professores do curso.

6- Quais são os grandes desafios deste curso para você?

Por ser um curso novo, com uma metodologia nova, o maior desafio é conquistar a confiança de futuros candidatos na qualidade e eficácia do curso, que nós já sabemos que possuímos.