15/10/2021 14:20

 Entrevista com o coordenador: Curso Superior de Tecnologia em Estradas

 


Minicurrículo

O professor Bruno Medeiros atua e pesquisa na área de Estradas e Infraestrutura de Transportes desde 2014, Mestre em Geotecnia pela Universidade de São Paulo, USP (2013), tendo sido bolsista da Fundação Parque Tecnológico Itaipu - Brasil,. É graduado em Engenharia Civil pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE (2010). Professor na PUC Minas desde 2015, lecionando disciplinas nas áreas de Projeto Geométrico de Rodovias, Transporte e Trânsito, Mecânica dos Solos, Geologia, Carreira Profissional e Metodologia Científica. Veja o que ele tem a dizer sobre o curso Superior de Tecnologia em Estradas: 

1- Quais as vantagens de fazer um Curso Superior de Tecnologia em Estradas?

O desenvolvimento de uma região está intimamente ligado à sua malha de transportes e com a capacidade de permitir o deslocamento de pessoas e cargas através das vias que interligam cidades, indústrias e portos. O potencial crescimento econômico do país, ligado à retomada da economia faz ser cada vez mais urgente profissionais ligados à área de infraestrutura.  

O profissional Tecnólogo em Estradas pode trabalhar em empresas e organizações com atuação em projeto, planejamento, direção e supervisão de obras de pavimentação, traçado geométrico, terraplenagem, sistemas de drenagem, sinalização viária e recuperação de pavimentos; empresas de planejamento, desenvolvimento de projetos, assessoramento técnico e consultoria; Institutos e Centros de Pesquisa; e Instituições de Ensino. O profissional também é capaz de projetar, planejar, coordenar, orientar e supervisionar a pavimentação, o traçado geométrico, a terraplenagem, os sistemas de drenagem, a sinalização viária e a recuperação de pavimentos. Coordena, orienta, fiscaliza a execução das atividades de campo, projetos, procedimentos e normas específicas de execução, controle tecnológico, segurança, qualidade, saúde e meio-ambiente. Elabora licitações e orçamentos. Dirige obras e serviços na área. Vistoria, realiza perícia, avalia, emite laudo e parecer técnico em sua área de formação. 

2- O que o aluno irá aprender no curso?

O curso é composto por três ciclos de aprendizagem, cada um composto por dois eixos temáticos. 

- Ciclo 1: Fundamentos da Modelagem da Informação da Construção 

-- Eixo 1a: Modelagem da Informação da Construção 

-- Eixo 1b: Estudos Preliminares, Topografia e Terraplenagem 

- Ciclo 2: Modelagem Paramétrica de Estradas

-- Eixo 2a: Infraestrutura Viária

-- Eixo 2b: Superestrutura Viária 

- Ciclo 3: Gestão da Construção e Operação de Estradas

-- Eixo 3a: Gerenciamento da Construção

-- Eixo 3b: Operação e Manutenção da Construção 

Dentro de cada Eixo será trabalhado um tema específico na disciplina de Projeto. Os conteúdos que embasam o desenvolvimento deste trabalho serão abordados na forma de microfundamentos, ao longo do respectivo Eixo. Além do conteúdo técnico, as disciplinas de Competências Comportamentais e Desafios Contemporâneos buscam desenvolver as soft skills, que são características necessárias para o profissional atual, e trazem discussões acerca dos desafios da sociedade e dos tempos modernos, visando a formação humana, que é um diferencial muito requisitado pelas empresas atualmente. 

Todo o conteúdo do curso foi elaborado para garantir o embasamento prático, teórico, científico, técnico e humano, para que o profissional tenha uma formação abrangente, moderna e dirigida para o mercado. 

4- Qual o diferencial do curso?

O Curso Superior de Tecnologia em Estradas surge na PUC Minas como uma alternativa para quem quer ingressar neste ramo de atuação, se destacando no mercado de trabalho, pois o curso foi elaborado por profissionais ligados ao ramo do projeto, construção, manutenção e operação de estradas, e oferece ao aluno conhecimentos que variam desde a fundamentação física e matemática necessária, passando por conteúdos técnicos específicos de infraestrutura, superestrutura, geotecnia, geoprocessamento, materiais construtivos e hidrologia, até conteúdos que buscam conectar o aluno às mais recentes tecnologias que visam automatizar processos com o que há de mais moderno no ramo dos transportes. 

5- Qual a importância da Coordenação do curso para uma carreira tão rica como a sua?

A coordenação de um curso de ensino superior tem o papel não somente de gerenciar os processos administrativos, mas principalmente, garantir que os alunos tenham aulas de qualidade, conforme o projeto pedagógico cuidadosamente elaborado visando o perfil do egresso. Na PUC Minas, nos orgulhamos de manter o caráter humanista na relação professor/coordenador e aluno, de forma que esta relação seja profissional, mas também levando em consideração as diferenças e particularidades de cada indivíduo. A figura do coordenador do curso também é essencial para conectar os alunos ao mercado profissional, construindo pontes e promovendo o networking, tão necessário para um mercado em movimento, como temos hoje.  

6- Quais são os grandes desafios deste curso para você?

O maior desafio é garantir que o aluno tenha uma formação sólida, que se destaque diante de outros profissionais no mercado de trabalho. O curso de Tecnologia em Estradas é pouco ofertado no país, e por isso temos também o compromisso de assegurar que o egresso da nossa instituição seja reconhecido como um profissional de embasamento sólido e dinâmico.