19/07/2021 13:35

 Entrevista com coordenador: Curso Superior de Tecnologia em Segurança da Informação

 

Sandra Maria Silveira é mestre em Ciência da Informação (ECI-UFMG, 2006) e graduada em Ciência da Computação (PUCMINAS, 1997). Possui especialização em Gestão Estratégica da Informação (ECI-UFMG, 2003) e certificação em ITIL(2013). Atualmente é coordenadora do Curso Superior de Tecnologia em Segurança da Informação. Veja o que ela tem a dizer:


1- Quais as vantagens de fazer um Curso Superior de Tecnologia em Segurança da Informação? 

O curso de Segurança da Informação é focado no mercado de trabalho, com um tempo de formação mais curto, visando à formação de um profissional especialista em garantir a segurança da informação em todo seu ciclo de vida para todos os tipos de organização.

A metodologia de aprendizagem por projeto, utilizada no curso, permite que os alunos aprendam, praticando. A cada eixo os alunos desenvolverão um projeto que é aplicação em casos reais do conteúdo que vão estudar.

Desta forma, o aluno se especializa em uma área com grande crescimento no mercado de forma rápida e prática.

 

2- O que o aluno irá aprender no curso? 

O aluno irá aprender a proteger as informações inerentes aos processos de negócio, atuando de forma ética em todo o ciclo de vida da segurança da informação, a fim de promover a garantia da confidencialidade, integridade e disponibilidade a todos os componentes dos sistemas de informação (pessoas, hardware, software, redes e dados), bem como da cadeia de suprimentos organizacional,  com sólida formação técnica, gerencial e humanista.

 

3- Considerando o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, quais as vantagens de ter um título em  Tecnologia em Segurança da Informação? 

O tecnólogo em Segurança da Informação estará apto a garantir a confidencialidade, integridade, disponibilidade e autenticidade das informações em todo o seu ciclo de vida nas organizações. 

O percurso da formação do tecnólogo em segurança da informação contempla aspectos generalistas e especialistas, pois acredita-se que é necessário desenvolver tanto visão sistêmica e de negócios quanto especificidades da área, incorporando aspectos operacionais, gerenciais e estratégicos. Na abordagem inicial de qualquer problema ou projeto é necessário que o profissional avalie o cenário de uma forma holística, que tenha uma visão sistêmica, que possa observar, questionar, analisar, organizar e priorizar ações. Quando a situação já está mapeada, é indispensável o conhecimento específico para propor e implementar soluções. Desta forma, as vantagens de se obter o título de Tecnólogo em Segurança da Informação na PUC Minas é se tornar um profissional apto a promover a segurança da informação em todos os níveis de tomada de decisão nas organizações. 

Além disto, a formação de tecnólogo é uma formação mais rápida e direcionada ao mercado permitindo assim que o profissional de insira rapidamente no mercado.

 

4 - Qual o diferencial do curso?

O diferencial do curso é a grade que compõe a formação do profissional e o desenvolvimento de projetos práticos em todos os eixos o que permite aos alunos a experimentação, a prática profissional em todas as esferas de formação: técnica, humana e social.

Além da tutoria que apoia os alunos em todo seu percurso de formação, comum em cursos EAD, temos também a mentoria de professores que acompanham todo o desenvolvimento dos projetos. 

 

5- Qual a importância da Coordenação do Curso Superior de Tecnologia em Segurança da Informação para uma carreira tão rica como a sua? 

O tema segurança da informação é um tema complexo e de alta volatilidade. A definição da estrutura curricular exigiu de toda a equipe de definição do curso uma ampla pesquisa na área a fim de criar uma estrutura atual e inovadora para o desenvolvimento do curso. Agradeço em especial ao professor Alexandre Teixeira que foi o grande responsável por esta etapa essencial para a oferta do curso. 

O curso ainda está no desafio de iniciar as atividades. Sabemos que o momento atual é um momento de desafios extras, portanto temos trabalhado junto ao mercado e todos os interessados a fim de formarmos a primeira turma do curso. 

Esta experiência me permitiu desenvolver várias habilidades diferentes das atividades de professora que vinha desenvolvendo. Aprendi a fazer pesquisa de mercado, identificar perfis de interessados, analisar competidores, bem como a trabalhar com a área de marketing para promover o curso. Esta experiência também foi importante para conhecer mais a forma que se estrutura o ensino superior no Brasil bem como os processos da própria universidade.

 

6- Quais são os grandes desafios deste curso para você?

O principal desafio do curso de segurança da informação refere-se a própria área a qual se destina. Sabemos que é uma área promissora dentro da área de TI, mas é uma área específica. Ou seja, na maioria das vezes, os interessados pensam que é necessário ter um conhecimento prévio da área de TI para iniciarem o curso. No entanto, o curso foi pensado para pessoas que estão iniciando na área de TI. Sua grade foi composta por aspectos fundamentais que vão se aprofundamento no decorrer do curso. Credito a este fator o principal ponto a ser trabalhado com os interessados no curso.