Processo de seleção

O ingresso do aluno regular no Programa de Pós-graduação em Direito da PUC Minas, regulado por edital próprio divulgado a cada processo seletivo, contém as seguintes etapas: inscrição, avaliação de língua estrangeira, avaliação dissertativa, análise curricular e entrevista por banca examinadora.

A inscrição é realizada por meio de sistema eletrônico, podendo haver necessidade de parte da documentação ser fornecida por meio físico. Encerrado o prazo das inscrições, a coordenação do programa avaliará a documentação apresentada pelo candidato, verificando se foram preenchidos os requisitos formais.

O exame de línguas, de natureza eliminatória, consiste na realização pelo candidato de uma prova em um ou mais idiomas, de acordo com o nível do curso. A indicação dos idiomas constará do edital.  O candidato ao curso de mestrado deverá demonstrar proficiência em uma língua estrangeira, e o candidato ao curso de doutorado em pelo menos duas línguas estrangeiras. As línguas que atualmente fazem parte do processo seletivo são: inglesa, alemã, italiana e francesa. O candidato de origem estrangeira, ainda que naturalizado brasileiro, não poderá se inscrever em prova de língua que seja a língua oficial de seu país de origem. O candidato que comprovar proficiência em língua estrangeira poderá, nos termos do edital, ser dispensado desta etapa.

O candidato aprovado na primeira etapa (exame de língua estrangeira) realizará a segunda etapa do processo de seleção, de natureza eliminatória e classificatória, constante de prova dissertativa versando sobre as obras indicadas em edital nas respectivas linhas de pesquisa.

A terceira etapa, também de natureza eliminatória e classificatória, consiste em entrevista individual do candidato pela banca examinadora para discussão do projeto de pesquisa e outros itens como capacidade intelectual, perfil acadêmico, disponibilidade para se dedicar ao curso e a qualidade e adequação da proposta de trabalho ao projeto pedagógico do curso e às linhas de pesquisa.

A avaliação do curriculum vitae integra esta terceira etapa e é feita previamente pela coordenação do curso com base nos critérios objetivos fornecidos pela ficha Barema (anexo que acompanha o edital).

A nota final do candidato será a média simples das notas obtidas na prova dissertativa, na ficha Barema e na entrevista. Para ser aprovado, o aluno deve ter nota final igual ou superior a 6, num total de 10 pontos.


Parceiros