search
 

09/09/2020 17:00

Scap 2020: A juventude tem o desafio de lidar com grandes dilemas, aponta Ailton Krenak


ailton_scap.png

A conferência de abertura da 12ª edição da Semana de Ciência, Arte e Política da PUC Minas São Gabriel (Scap), realizada nesta terça-feira, 8 de setembro, contou com a apresentação de Ailton Krenak, considerado uma das maiores lideranças do movimento indígena brasileiro e autor de diversos livros. Com o tema Entre assombros e sonhos, lampejos de primavera, Ailton se dirigiu a uma geração que "vai enfrentar o desafio de dar conta das mudanças climáticas, das migrações e das grandes incógnitas que vamos enfrentar do ponto de vista dessa sociedade global que nós nos constituímos e que aprendemos, no século 20, a pensar como uma humanidade". No entanto, de acordo com Krenak, fechamos o século com o anúncio de que a Terra, nossa casa comum, tem limite.

Para Ailton, a geração de 15 a 30 anos, que recebeu um mundo projetado há 50 anos pelos antepassados, não teve escolha e precisará lidar com todos os desafios. "Se nós fomos animados a pensar que estávamos constituindo uma humanidade planetária, global e que a ciência e o conhecimento iam nos dar as condições para fazermos a gestão da vida nesse planeta, há muito tempo, a gente perdeu essa expectativa. Porque estamos diante de diversos dilemas como o de refugiados. O Brasil, assim como outros países, precisa se preparar para o grave dilema dos refugiados. Temos que ser capazes de pensar em como criar infraestrutura e condições de acesso, a todos aqueles que constituem a nossa comunidade, àquilo que é essencial à vida", explica.

O reitor da PUC Minas e bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, abriu a Scap 2020 lembrando que a pandemia do novo coronavírus escancarou as desigualdades que já existiam e que eram alarmantes. E, para além disso, escancarou as incertezas de um futuro. "Quantos fins de mundo a gente tem fôlego para enfrentar? É certo que todos nós habitamos uma casa comum – essa expressão ganhou o mundo porque o Papa Francisco a divulgou muito – é uma casa para todos, de todos, mas uma casa que reconhece que tudo está interligado, não só a vida humana, mas toda forma de vida. Se somos hostis com o planeta, ele revida. Também se torna hostil, porque ele se defende. Precisa se defender. Porque ele se defender significa defender a vida".

Ailton Krenak faz coro junto a essa fala de que a Terra responde e ainda afirma que, de fato, a Terra é um organismo vivo, observado pelos povos indígenas, pelos cientistas do painel do clima, "o planeta tem a potência de nos corrigir quando formos abusados com a vida aqui na Terra. A vida é um dom maravilhoso. A gente não pode imaginar a vida como alguma coisa útil ou utilitária. A vida é um dom que a gente pode fruir e experimentar a cada dia. A vida deveria ser experimentada como uma dança cósmica, e não como alguma coisa útil", defende.

Se é possível perceber no cotidiano como o tempo tem passado rápido, para Ailton, essa questão é mais aguda e tem mais consequências quando pensamos o tempo em relação a essa casa comum em que vivemos, já que tudo o que acontecer com Terra vai afetar a cada um de nós. "O tipo de consumo e o tipo de disputa que houve entre os blocos socialista e capitalista poderiam nos levar a um rápido fim de mundo. Digamos que era o fim de mundo anunciado no final do século 20. Nós conseguimos conviver com narrativas sobre fim de mundo em quase toda metade do século 20 devido a relações conflitantes que os blocos e países alimentavam entre si. O anuncio da globalização no final da década de 80 e 90 animou muita gente a pensar que nós iríamos alcançar finalmente aquela ideia de uma humanidade capaz de ter responsabilidade comum sobre a nossa casa comum". Mas não foi isso o que aconteceu. "Nós não conseguimos ainda configurar essa humanidade prometida no cinema, na literatura, nas artes, na política. A maior parte das mudanças politicas anunciavam a promessa de um mundo melhor. Um mundo melhor que coubesse as nossas diferenças, que coubessem as diferentes escolhas que nós tínhamos que fazer. Mas nós fomos todos engolfados por uma perspectiva do mercado e do consumo que nos transformou numa humanidade desigual e que consegue consumir dois planetas a cada ano".

Ailton afirma que o século 20 foi muito enganoso para introduzir o consumo em todas as regiões do planeta. "O padrão de consumo se tornou o mesmo. Todo mundo comendo comida empacotada, processada, super processada, perdendo a perspectiva de onde vem aquilo que nós comemos e bebemos. A água passou a ser uma commodity e, em muitas regiões do planeta, vem sendo disputada de uma maneira tão brutal que nós chegamos, no caso do Brasil, a pôr em risco nossa soberania com relação ao suprimento de água potável para as comunidades ribeirinhas. Como exemplo, a Bacia do Rio Doce, calcinada pela lama da mineração, deixou milhares de famílias na margem desse maravilhoso Rio Doce. Ele está em coma pela lama da mineração", lamenta Ailton, que está em sua aldeia, às margens do Rio Doce.

Dom Mol, em sua fala de abertura, pediu a Ailton para ensinar a todos uma forma de cuidar uns dos outros, a cuidar dessa casa comum e de como juntar a ciência produzida na Universidade com a sabedoria dos ancestrais, com a sabedoria popular. Ailton ressaltou sua alegria quando o Papa Francisco destacou a importância de se resgatar a ancestralidade. "Eu fiquei muito feliz, porque, de alguma maneira, a narrativa do século 20, principalmente a narrativa do ocidente, fez uma escolha tão individualista que as gerações foram se descolando umas das outras e a própria ideia da ancestralidade ficou como um legado de povos remanescentes – os afrodescendentes, os povos ameríndios, os povos indígenas. E ancestralidade é o que torna todos humanos. Não é uma perspectiva para além do dia em que vivemos hoje, mas é tudo o que nós sim os de memória, tudo o que somos de perspectiva, de subjetividade e de sonho. Então, se estamos vislumbrando primaveras, que a primavera seja também produzida para além de buscar a paisagem. Que a primavera seja produtiva em nós", explicou.

E, para concluir, deixou um recado a essa geração. "Vocês, jovens, aprendam com seus pais, avós, tios. Para além de aprender na Universidade, aprendam com os seus ancestrais. E, nesse sentido, eu faço coro com o Papa Francisco.  Resgatem seu sentido de ancestralidade. Não ande sozinho pelo mundo. O mundo é um lugar para ser compartilhado. E a vida aqui na Terra pode ser boa, mas vai depender do tipo de pessoa que nós nos constituirmos".

Também durante a abertura da Scap 2020, o diretor acadêmico da PUC Minas São Gabriel, professor Cláudio Listher Marques Bahia, destacou os 20 anos da Unidade e lançou os anais da Scap 2019 que já estão disponíveis no site do evento. De acordo com o professor, a Scap realiza debates acerca de questões contemporâneas e fundamentais para a formação humana não só dos alunos como também de toda comunidade acadêmica e a sociedade. "A Scap avigora o que a PUC Minas apresenta com um dos seus princípios norteadores pedagógicos: o domínio conceitual de formação de múltiplas capacidades e de condutas intelectuais, inovadoras e favoráveis à autonomia intelectual de seus membros, pois é necessário garantir a formação política e ética da comunidade acadêmica", diz.

A Scap 2020 traz a pandemia do novo coronavírus para a discussão.  "Neste ano, a transversalidade foi facilmente reconhecida desde o primeiro momento. Todos os dilemas, indagações e reflexões faziam referência à pandemia do novo coronavírus e à perplexidade diante do número de mortos e das transformações na vida de todos deste planeta. A pandemia de Covid-19 é o maior desafio do nosso tempo. E, com ele, experimentamos, de maneira inédita pela extensão e intensidade, a percepção de que todos vivemos em um só planeta", explicou o professor Cláudio.

A 12ª edição da Scap está acontecendo de forma totalmente online pelo canal oficial da PUC Minas no Youtube. Para conferir na íntegra a conferência de abertura de Ailton Krenak, acompanhar as transmissões ao vivo, até o dia 11 de setembro, e conferir os vídeos das palestras já realizadas, basta acessar www.youtube.com/pucminasoficial.

A programação completa e os Anais da Scap 2019 podem ser conferidos em www.pucminas.br/scap.

 

 

Documentário produzido por estudantes da PUC São Gabriel será exibido na Rede Minashttps://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/Documentário-produzido-por-estudantes-da-PUC-São-Gabriel-será-exibido-na-Rede-Minas.aspxDocumentário produzido por estudantes da PUC São Gabriel será exibido na Rede Minas25/03/2021 12:00:0001/01/2022 02:55:00Não
PUC Minas se solidariza com famílias das vítimas da Covid-19https://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/PUC-Minas-se-solidariza-com-famílias-das-vítimas-da-Covid-19.aspxPUC Minas se solidariza com famílias das vítimas da Covid-1919/03/2021 19:00:0001/01/2022 02:55:00Não
PUC Play PUC Minas: Universidade lança podcast nesta quinta-feirahttps://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/PUC-Play-PUC-Minas-Universidade-lança-podcast-nesta-quinta-feira.aspxPUC Play PUC Minas: Universidade lança podcast nesta quinta-feira18/03/2021 17:00:0001/01/2022 02:55:00Não
Restrição no atendimento presencialhttps://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/Restrição-no-atendimento-presencial.aspxRestrição no atendimento presencial17/03/2021 13:00:0001/01/2022 02:55:00Não
Horários de atendimento administrativo da PUC Minas São Gabrielhttps://www.pucminas.br/unidade/sao-gabriel/sala-imprensa/noticias/Paginas/atendimentoadministrativonapucsaogabrielapartirde17demarço2021.aspxHorários de atendimento administrativo da PUC Minas São Gabriel17/03/2021 00:00:0001/08/2021 02:00:00Não
No Dia da Mulher, professora alerta sobre necessidade do combate à violência de gênerohttps://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/No-Dia-da-Mulher,-professora-alerta-sobre-necessidade-do-combate-à-violência-de-gênero.aspxNo Dia da Mulher, professora alerta sobre necessidade do combate à violência de gênero08/03/2021 03:05:0001/01/2022 02:55:00Não
Atendimento remoto gratuito para declaração do Imposto de Rendahttps://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/Atendimento-remoto-gratuito-para-declaração-do-Imposto-de-Renda.aspxAtendimento remoto gratuito para declaração do Imposto de Renda05/03/2021 14:00:0001/01/2022 02:55:00Não
Atendimento gratuito para declaração de imposto de renda: NAF PUC Minas São Gabrielhttps://www.pucminas.br/unidade/sao-gabriel/sala-imprensa/noticias/Paginas/atendimentogratuitoparaimpostoderendanafpucsaogabriel.aspxAtendimento gratuito para declaração de imposto de renda: NAF PUC Minas São Gabriel03/03/2021 13:45:0030/04/2021 15:00:00Não
Prêmio Literário PUC Minas: inscrições abertas para a quarta ediçãohttps://www.pucminas.br/unidade/sao-gabriel/sala-imprensa/noticias/Paginas/premioliterariopucminas2021.aspxPrêmio Literário PUC Minas: inscrições abertas para a quarta edição01/03/2021 12:00:0001/05/2021 02:55:00Não
Ambulatório de Feridas atende pelo SUS e utiliza laser no tratamentohttps://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/Ambulatório-de-Feridas-atende-pelo-SUS-e-utiliza-laser-no-tratamento.aspxAmbulatório de Feridas atende pelo SUS e utiliza laser no tratamento25/02/2021 12:00:0001/01/2022 02:55:00Não
Campanha da Fraternidade é lançada na PUC Minas durante a celebração de Quarta-feira de Cinzashttps://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/Campanha-da-Fraternidade-é-lançada-na-PUC-Minas-durante-a-celebração-de-Quarta-feira-de-Cinzas.aspxCampanha da Fraternidade é lançada na PUC Minas durante a celebração de Quarta-feira de Cinzas18/02/2021 15:00:0001/01/2022 02:55:00Não
Covid-19: PUC Minas cria Observatório da Saúde para análise e monitoramento da difusão da doença em BHhttps://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/sa.aspxCovid-19: PUC Minas cria Observatório da Saúde para análise e monitoramento da difusão da doença em BH11/02/2021 16:00:0001/01/2022 02:55:00Não
Processo Seletivo Simplificado: inscrições abertashttps://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/Processo-Seletivo-Simplificado-inscrições-abertas.aspxProcesso Seletivo Simplificado: inscrições abertas21/01/2021 13:00:0001/09/2021 02:55:00Não
Pesquisa Quero Bolsa sobre estágio remunerado: PUC Minas é destaque no país https://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/PUC-Minas-é-destaque-em-ranking-terceira-universidade-brasileira-na-qual-mais-estudantes-recebem-bolsa-auxílio-em-estágio-n.aspxPesquisa Quero Bolsa sobre estágio remunerado: PUC Minas é destaque no país 13/01/2021 19:00:0001/01/2022 02:55:00Não
Bolsas de estudo assistenciais para ingressantes no mestrado e doutoradohttps://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/Not_15.aspxBolsas de estudo assistenciais para ingressantes no mestrado e doutorado16/08/2016 12:35:0002/01/2050 01:00:00Não
Comissão de sites: Normas para elaboração, atualização e publicação de sites Institucionais da PUC Minashttps://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/Not_4.aspxComissão de sites: Normas para elaboração, atualização e publicação de sites Institucionais da PUC Minas28/03/2005 03:00:0002/01/2050 01:00:00Não

Acesse as redes sociais.

Instituições da Arquidiocese de Belo Horizonte

A Sociedade Mineira de Cultura é uma entidade beneficente da área de educação, portadora do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social - CEBAS-Educação.