Calendário de Eventos

Inauguração do Centro de Excelência em Dinâmica e Segurança Veicular

Unindo a competência da PUC Minas e do Grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA) na área automotiva, será inaugurado nesta quarta-feira, 18 de outubro, a partir das 10h, no prédio 10 do Campus Coração Eucarístico, o Centro de Excelência em Dinâmica e Segurança Veicular, fruto de Acordo de Cooperação entre as duas instituições.

O Centro, que é o primeiro em sua categoria instalado no hemisfério sul e o primeiro no mundo implantado em uma universidade, conta com um simulador dinâmico veicular utilizado para avaliar o comportamento de veículos e condutores em ambiente laboratorial, além de auxiliar no projeto de construção de novas estradas e recuperação das existentes. "O simulador interage com o condutor, obedecendo aos seus comandos e reproduzindo, de forma fiel, as respostas do veículo. Com esse equipamento, podemos testar a dinâmica do veículo sem utilizar um protótipo físico", explica o professor Athos Obvioslo, do Departamento de Engenharia Mecânica, um dos responsáveis pelo novo laboratório.

O Centro de Excelência insere a Universidade em novo patamar de inovação e de parceria universidade-empresa. "Esse projeto une a expertise da PUC Minas e da FCA na área de engenharia automotiva, possibilitando novas perspectivas em pesquisas e desenvolvimento tecnológico não apenas no cenário nacional, mas também internacionalmente", afirma o supervisor de Inovação da FCA, Toshizaemom Noce.

De acordo com o professor da PUC Minas Janes Landre, um dos coordenadores da iniciativa, o novo centro abrange outras áreas além da engenharia — como medicina, fisioterapia, psicologia, entre outras — e projeta a Universidade mundialmente. "Por ser o primeiro centro de excelência neste âmbito em todo o hemisfério sul e por existirem apenas outros oito laboratórios de ponta como esse em todo o mundo, isso torna a PUC Minas referência mundial em dinâmica veicular. Recebemos uma série de contatos de instituições de ensino de países como Inglaterra, Itália e Estados Unidos, interessados em executar projetos de pesquisa em cooperação conosco", finaliza Landre.