21/09/2022 15:00

 Setembro Amarelo: uma reflexão sobre a vida

 


Texto escrito pela professora Stella Tozo, do Curso de Psicologia PUC Minas Praça da Liberdade a pedido da CIPA. 


Setembro é o mês da campanha de prevenção ao suicídio, o Setembro Amarelo. É uma época em que este tema se torna mais discutido e nos lembra da importância de cuidarmos da saúde mental como um importante fator de proteção. O suicídio precisa ser entendido como uma doença multidimensional, ou seja, é influenciada por vários fatores como físicos, psíquicos, culturais, econômicos, sociais, situacionais e biológicos, que levam uma pessoa a acreditar que o suicídio é a única solução possível para um problema (SCAVACINI, 2019). Hoje sabemos da importância de criarmos espaço para que as pessoas possam falar sobre este tema, serem acolhidas e respeitadas e não se sentirem envergonhadas, mas sabemos que este não é um assunto fácil de ser dito, nem conversado. 

Da mesma forma que existem fatores que podem aumentar o risco do suicídio, como o término de relacionamentos, perdas, luto, vivência de abusos e outras situações que levam ao sofrimento, os fatores de proteção devem existir, como um suporte social e familiar e ter acesso a recursos de saúde mental. Cultivar a resiliência e o autocuidado são formas de nos cuidarmos! Resiliência é a capacidade de enfrentar os desafios da vida de uma forma positiva, aprender a ser mais tolerante, aceitando as falhas e os erros, e ser flexível frente às diversas situações que se apresentam em nossa vida. 

Já o autocuidado inclui o que fazemos para nos cuidar em diferentes áreas: fisicamente, como ao cuidarmos de nosso sono e alimentação; mentalmente, aos respeitarmos nossos limites; socialmente, ao mantermos relações significativas com pessoas de nosso convívio; e espiritualmente, ao cultivarmos a espiritualidade, a meditação e a reflexão.

Que o "Setembro Amarelo" traga a oportunidade para nos olharmos e cuidarmos de nós e dos outros!

Se você precisa de ajuda, ou conhece alguém que precise, pode entrar em contato com o Centro de Valorização da Vida  (CVV) pelo telefone 188 ou pelo chat no www.cvv.org.br. Também pode buscar o CAPS ou serviço de saúde mental mais próximo do você. Materiais podem ser acessados no Instituto Vita Alere (vitaalere.com.br)

 

Referências:

SCAVACINI, Karen. Como falar de forma segura sobre o suicídio [recurso eletrônico] 1. ed. São Paulo: Instituto Vita Alere de Prevenção e Posvenção do Suicídio, 2019. https://vitaalere.com.br/wp-content/uploads/2019/09/cartilha-como-falar-sobre-suicidio.png

SCAVACINI, K.; CACCIACARRO, M. F.; PEREIRA, M. R.; PESSOA, G. C.; MOTOYAMA, E. P. Saúde Mental de Adolescentes e Jovens. São Paulo: Instituto Vita Alere, 2021 https://vitaalere.com.br/wp-content/uploads/2021/10/Primeiros_socorros_emocionais.pdf