Logon

16/09/2022 16:00

Thiago Teixeira, professor do Departamento de Filosofia da PUC Minas lançou recentemente o seu segundo livro sobre ética. A obra Decolonizar valores: ética e diferença aborda a necessidade de repensarmos como um compromisso, de fato, humanista, os valores e as normas morais que se beneficiam da manutenção de violências político-sociais, como: o racismo, a misoginia e a LGBTfobia.

Para o professor, a ética é um caminho de promoção do diálogo e do reconhecimento, por ser uma reflexão e uma prática fundamentada na capacidade de se comprometer pela transformação real dos panoramas de representação e de ação no mundo. Assim, a obra tenciona anunciar uma ética que recusa valores fundamentalmente discriminatórios e que não miram o reconhecimento do outro enquanto sujeito, pois não percebem que a diferença não é sinônimo de desigualdade, mas, sim, prerrogativa estruturante para o encontro e para o diálogo. "É por meio desse movimento que somos capazes de ouvir sobre dores que não sentimos, ver cicatrizes que escapam os nossos corpos e violências que atualizam a ideologia e a memória colonial", afirma.

Leia também