Logon

 19/04/2024 11:00

Entre os dias 22 e 26 de abril, o Curso de Cinema e Audiovisual da PUC Minas promove a sua IV Semana de Cinema, com o tema Os processos histórico-políticos e o cinema. A programação conta com a exibição de filmes e debates, em sessões comentadas que acontecerão no auditório do Museu de Ciências Naturais da PUC Minas e no auditório 1 da Unidade Praça da Liberdade. Entre os convidados estão o cineasta Helvécio Ratton, importante nome do cinema mineiro que irá comentar seu longa-metragem, Batismo de Sangue (2007), além da Profa. Dra. Anna Karina Bartolomeu, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), da professora Carla Ferretti, do Departamento de História da PUC Minas, do Prof. Dr. Luís Felipe Flores e da Profa. Dra. Júlia Fagioli.

O evento será dividido em dois eixos temáticos – os 60 anos do Golpe Civil-Militar de 1964 e os 50 anos da Revolução dos Cravos – e buscará refletir as diferentes maneiras pelas quais os filmes interpelam momentos cruciais das histórias políticas dos dois países.

O primeiro eixo será realizado com apoio do Instituto de Ciências Humanas da PUC Minas, e o segundo eixo como parceria entre o Curso de Cinema, Consulado de Portugal, Assessoria de Relações Internacionais da PUC Minas, Curso de Relações Internacionais da Praça da Liberdade, Centro de Estudos Luso-afro-brasileiros (Cespuc), dentro da programação dos 50 anos da Revolução dos Cravos.

Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail cinema@pucminas.br, ou pelo Instagram do curso (@cinemapucminas). Confira, a seguir, a programação completa.

 

Programação: 60 anos do Golpe Civil-Militar

 

Dia 22 de abril (segunda-feira)

Local: Auditório do Museu de Ciências Naturais da PUC Minas

15h20 às 18h50 – Exibição do filme Batismo de Sangue (2007) e mesa redonda com o diretor Helvécio Ratton

 

Dia 23 de abril (terça-feira)

Local: Auditório do Museu de Ciências Naturais da PUC Minas

15h20 às 18h50 – Exibição do filme A Vida Provisória (1968) Dir. Maurício Gomes Leite e mesa redonda com os convidados Carla Ferretti e Luís Felipe Flores


Leia também