Logon

20/04/2022 10:00

Foram homenageados com as medalhas da Inconfidência pelo governo de Minas Gerais, em Ouro Preto, no último 21 de abril, o diretor do Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS), professor Martinho Campolina Rebello; e, no grau Medalha da Inconfidência, o gerente de TI da Sociedade Mineira de Cultura, Marcelo Nassau Malta, e a professora Juliana Alves Assis, do Programa de Pós-graduação em Letras.

Este ano a cerimônia completou 70 anos de existência, ocasião em que a capital mineira é simbolicamente transferida para a cidade histórica.

Criada em 1952 pelo então governador Juscelino Kubitschek, este ano não haverá entrega das medalhas físicas, devido a atraso na encomenda da condecoração.

São quatro graus: Medalha da Inconfidência, Medalha de Honra, Grande Medalha e Grande Colar. Os 171 homenageados incluem aqueles que foram agraciados em 2020, quando o evento foi cancelado por causa da pandemia, e os indicados neste ano. Em 2021 não houve indicações.

Leia também